REDE Canoas terá 70% de mulheres na nominata para Câmara de Vereadores

#REDE 31 de maio de 2019

Em Canoas (RS), a REDE Sustentabilidade, liderada pela vice-prefeita Gisele Uequed, terá uma nominata com 70% de candidatas mulheres para a vereança. A definição ocorreu na última segunda-feira, 27, em reunião da Executiva Municipal do partido.

“Os partidos tradicionalmente cumprem a cota mínima porque não têm interesse de dar igualdade de disputa às mulheres. Nós, porém, acreditamos nas mudanças que as mulheres impõem no jeito de fazer política. Não tenho dúvida que com isso vamos contribuir trazendo novas pessoas e ideias para a Câmara de Vereadores”, destacou Gisele.

A Lei das Eleições, de 1997, estabelece em seu artigo número 10, parágrafo 3º, que os partidos devem reservar o percentual mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo. A proposta da sigla é disponibilizar aos homens o mínimo previsto na lei eleitoral, invertendo o que geralmente ocorre com as mulheres.

Canoas possui 20 vereadores homens e apenas uma mulher, após 16 anos anos sem representação feminina no Legislativo. Em toda a sua história política, que completa 80 anos em 2019, a cidade contou com apenas cinco mulheres na Câmara.